Comunicar erro

Uma sequência sinistra de “coincidências”, que culminou com a prisão dos hackers.
Para Alexandre Garcia, tudo teve início no dia da tentativa de assassinato do então candidato que liderava a corrida eleitoral rumo à presidência da República.
Na sequência, o jornalista enumera um amontoado de “coincidências”, onde destaca a renúncia do mandato pelo ex-deputado federal Jean Wyllys, para dar lugar justamente ao marido do pseudo jornalista Glenn Greenwald.
A participação de Manuela D’Ávila, ex-vice de Haddad, no crime, também é sintomática.
A revelação alvissareira é de que a Polícia Federal presentemente está no rastro do dinheiro dos hackers.
Estamos nos aproximando do fatídico desmonte dessa atrevida Organização Criminosa.