Alunos da Educação de Jovens e Adultos do Paraná (EJA) são protagonistas da campanha para divulgar essa modalidade de ensino na rede pública estadual. Além das imagens, os alunos emprestam caligrafias e assinaturas estampadas em milhares de cartazes e folders que serão distribuídos pela Secretaria Estadual da Educação, em todo o Paraná.

A campanha “Aprender não tem idade” conta ainda com depoimentos em vídeos, divulgados na rede social www.youtube.com.br/paranagoverno, endereço que está marcado nos materiais. A EJA é uma modalidade de ensino para jovens e adultos que querem voltar para a escola e concluir as etapas de estudos na educação básica. No Paraná, a rede estadual de ensino deve receber neste ano mais de 100 mil alunos nesta modalidade.

Uma das personagens é Maren Duarte Ferreira, 60 anos. “Achei muito legal o governo escolher os próprios alunos para divulgar a EJA”, afirma a aluna, que frequenta aulas no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBEJA) Paulo Freire, de Curitiba.

Adão Soares da Silva, também aluno do Paulo Freire, voltou a estudar aos 55 anos, depois de se aposentar, e optou pela matrícula em duas disciplinas. “Assim consigo fazer com tranquilidade e aprendo melhor. Os professores também são ótimos, têm muita paciência e nos dão forças para continuar”, disse Silva, que também é personagem da campanha.

Diferente do ensino regular, as matrículas da EJA acontecem por disciplina e não por série. O aluno tem a opção de escolher entre uma ou até quatro matérias. Essa flexibilidade facilita a vida dos cidadãos que tem também obrigações em casa ou com o trabalho.

MATRICULAS: A Secretaria ampliou para 28 de fevereiro o prazo para matrículas de novos alunos na Educação de Jovens e Adultos. O prazo se encerrava na sexta-feira (7). Alunos matriculados no ano anterior têm vaga garantida.

Durante 2014 serão quatro etapas para matrículas na EJA: janeiro/fevereiro, abril/maio, julho/agosto e outubro/novembro. O prazo foi solicitado por diretores de CEEBJAs e coordenadores de EJA dos Núcleos Regionais de Educação do Paraná.

As matrículas para 2014 podem ser feitas em qualquer uma das escolas estaduais que oferecem EJA ou diretamente nos CEEBJA. Basta levar carteira de identidade e fazer o cadastro. Confira aqui a lista de unidades da EJA e CEEBJAs no Paraná.

O aluno recebe o material de ensino e passa por avaliação de um pedagogo, que vai indicar a forma de escolarização conforme o perfil do estudante. A escolarização pode ser na forma coletiva, onde o aluno tem dias certos e frequência a cumprir. Na forma individual, o aluno cumpre a carga horária da disciplina de acordo com a oferta da escola.