Foto: Divulgação

Na última segunda-feira (11), o município de Araucária foi um dos convidados para uma Audiência Pública on-line, promovida pela Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), que debateu sobre a possibilidade de um subsídio estadual para o transporte coletivo em diversas regiões do Paraná. Além de participar compartilhando sobre as diversas ações de melhorias realizadas no transporte coletivo local (TRIAR) nos últimos anos, o município ainda foi tratado como ‘referência’ e ‘inspiração’. A sequência de reduções da tarifa do transporte coletivo tem despertado a atenção de municípios de todo o país, que entram em contato para entender como as melhorias estão sendo implantadas.

Araucária foi representada na audiência pública pelo secretário municipal de Planejamento, Samuel Almeida da Silva, que reforçou a necessidade de se pensar o transporte coletivo como um serviço realmente essencial que proporciona acesso a direitos fundamentais do cidadão, como saúde, educação, qualificação profissional, ao lazer e a cultura. O incremento do número de usuários após a sequência de reduções da tarifa em Araucária, a importância de desmitificar a planilha de custos do transporte e de se ter maior controle da planilha, além da fiscalização permanente do poder público, foram alguns dos tópicos apontados pelo secretário.

Na audiência pública, o município foi elogiado, por exemplo, pela nova licitação que realizou (para escolha das empresas de transporte) e também foi citado por já caminhar para um modelo que está sendo discutido para o Estado todo.

DIFERENCIAL
Na contramão de muitos lugares, Araucária tem desenvolvido ações no sentido de melhorar o sistema de transporte local, mas sem colocar todo o custo para os usuários. O município tem mostrado que as grandes melhorias realizadas só foram possíveis com o compartilhamento de custos entre os usuários e o poder público. Ao longo dos anos, a tarifa reduzida tem sido um estímulo ao uso do transporte coletivo da cidade e os números comprovam isso. O número total de usuários do TRIAR caminha para dobrar de quantidade, em relação ao número total de usuários antes das novidades implantadas pela Prefeitura. O sistema local que, antes, registrava média de 32 mil usuários ao dia, hoje, registra média de 53,8 mil/dia e, recentemente, chegou a um pico de 58,5 mil usuários em um único dia. O aumento no número de pagantes ajuda a reduzir os custos do sistema.

O sistema de transporte local de Araucária também tem um importante papel de  apoio e desenvolvimento social. Cerca de 30% de todos os usuários são isentos. Isso inclui estudantes de instituições públicas do município, pais que levam essas crianças para a escola, trabalhadores que fazem curso profissionalizante na Secretaria de Trabalho e Emprego, pessoas em situação de vulnerabilidade social, assim como participantes de projetos ligados às Secretaria de Cultura e Turismo e Esporte e Lazer. Aos domingos, há gratuidade prevista para todos os usuários (com cartão TRIAR).