Um estudo realizado pela Urban Systems e divulgado pela revista Exame coloca o município de Araucária entre as 20 melhores cidades para fazer negócios. De 2018 para 2019, a ‘cidade símbolo do Paraná’ saltou 50 posições no ranking nacional: de 69º lugar para 19º; a segunda melhor cidade do Paraná na lista. No recorte do estudo que trata de ‘Desenvolvimento Econômico’, Araucária é o melhor município do estado e está na 10ª colocação entre todos os municípios brasileiros analisados. Ao longo dos últimos dois anos, várias iniciativas têm sido realizadas para estimular ações inovadoras, promover o desenvolvimento de empresas locais e também dar condições para que empresas interessadas se instalem no município.

O estudo, que avalia as cidades mais atrativas para o desenvolvimento de negócios, considerando condições e infraestrutura disponíveis, analisou 317 municípios com mais de 100 mil habitantes. Essas cidades representam 70% do Produto interno Bruto Brasileiro (PIB), 57% da população brasileira, 62% das empresas e 72% dos empregos formais. O recorte de Desenvolvimento Econômico, no qual Araucária aparece em 10ª geral e 1º no Paraná, levou em conta 15 indicadores dos eixos Econômico, Financeiro e Transporte.

Município atrativo – O município de Araucária tem realizado diversas ações para fortalecer os negócios locais. Um amplo trabalho de mobilização da sociedade civil e empresários resultou na instituição de um Conselho de Desenvolvimento Econômico (também chamado de ‘Avançaraucária’) e no planejamento coletivo sobre o futuro que se deseja para as próximas décadas.

O apoio e capacitação aos empreendedores do município têm sido constantes por meio de cursos, orientações, consultorias e participação em eventos; todas essas ações são gratuitas. Por meio do ‘Escritório de Compras’, o município tem dado o suporte para que os empreendedores se preparem melhor para entender os processos e participar das licitações com objetivo de realizar negócios com órgãos públicos.

Em dezembro de 2018, Araucária reduziu a alíquota do ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), também conhecido por ISS (Imposto Sobre Serviços), tributo recolhido pelos municípios. No geral, a redução foi de 5% para 2%, menor índice permitido constitucionalmente. Desta forma, Araucária passou a integrar o grupo de municípios mais competitivos (no que diz respeito a ISS), já que reduziu o peso do imposto para as empresas. Entre as áreas beneficiadas com a redução de 5% para 2% estão os serviços de saúde (clínicas, dentista, psicólogo, exames laboratoriais), serviços de engenharia (engenheiros, empreiteiras, construção civil) e a educação (de educação infantil a ensino superior, cursos profissionalizantes, idiomas).

Mudança para Araucária – Com uma empresa de pintura registrada em Araucária, o empresário Thiago Martins conta que agora resolveu transferir uma outra empresa sua, de Engenharia Elétrica, de Curitiba para Araucária. Ele explica que foi convidado para uma palestra e se impressionou com o que viu sobre a cidade. “Gostei muito do que ouvi, os incentivos, a dedicação dos gestores e oportunidades. Também a taxa do ISS que é mais baixa em Araucária que em Curitiba. Eu vejo um bom crescimento na minha área para minha empresa em Araucária. Estou bem empolgado”, comentou.