Cinco vacas morreram eletrocutadas por um raio em São Joaquim, na Serra catarinense, na tarde de quinta-feira (6). Segundo o proprietário dos animais, Andrigo Grillo, o prejuízo mínimo estimado é de R$ 30 mil.

“Era uma tempestade por causa do calor. Eu vi o raio cair. Foi uma fatalidade, coisas da natureza. Por baixo, o prejuízo é de R$ 30 mil, pois são vacas certificadas, registradas e de raça”, explica Andrigo. O fato ocorreu na fazenda Cabanha Grillo dos Pinhais, especializada na criação de cavalos e vacas da raça Hereford, na localidade de Corujas, a oito quilômetros do Centro de São Joaquim. Segundo Andrigo, um dos três veterinários da fazenda certificou que as cinco vacas morreram eletrocutadas.

As vacas estavam embaixo de alguns pés de eucalipto se abrigando de uma tempestade e se alimentando de sal. “Na minha ideia, o raio caiu onde eles estavam ou caiu próximo e a energia foi conduzida pela cerca”, diz Andrigo. A raça Hereford é criada especialmente para corte e a primeira vez que um raio atinge vacas da propriedade de Andrigo. “Eu nem tenho o que fazer. Elas são criadas soltas. A gente espera que não aconteça mais”.