Comunicar erro

Há possibilidade de neve neste final de semana!
De acordo com o Climatempo, há chance de nevar no Sul do Brasil nesta sexta dia (2), principalmente nas serras do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e também no Planalto Sul catarinense. A possibilidade de nevar, ou de ocorrer outros tipos de precipitação sólida de inverno como chuva congelada, é considerada para a tarde, e principalmente para a noite da sexta-feira, antes disso tem chuva em grande parte do dia.
A região de Bom Jesus (RS), São José dos Ausentes (RS), São Joaquim (SC), Urupema (SC), Urubici (SC) e também Lages (SC) estão entre as cidades com possibilidade de ver a neve cair no dia 2 de agosto.
O segundo dia com possibilidade de nevar é o sábado dia 3, nas regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. A chance de nevar no dia 3 de agosto vem aumentando desde o começo da semana, mas só mesmo para a madrugada e até no máximo o começo da manhã do sábado. No decorrer do sábado, a nebulosidade vai diminuindo e o sol aparece, porém o frio continua intenso, diz o Climatempo.
Se a previsão se confirmar, será o segundo episódio de neve do inverno de 2019, o primeiro foi entre os dias 5 e 6 de julho.
De acordo com o Simepar, não desta vez, as temperaturas devem cair bastante a partir de sexta em Curitiba e Região Metropolitana, mas não há previsão de neve. Segundo o Simepar, existe chance de nevar na sexta-feira, mas na região de Palmas no centro-sul paranaense e ainda assim a possibilidade é pequena.
Temos uma frente fria que se desloca pelo sul do país e chega no Paraná nesta sexta-feira. As temperaturas na capital podem chegar até 3ºC, na madrugada de sábado. Na região sul do estado, as temperaturas irão cair bastante, com a possibilidade de nevar. Na região oeste e sudoeste do estado as quedas ocorrem a tarde. De acordo com Paulo Barbieri do Simepar, já aqui no leste, as temperaturas devem cair bastante no período da noite.
Em Curitiba, a previsão é que o frio seja mais intenso no domingo dia (4).
Frente fria
O mês de agosto de 2019 começa com entrada de uma forte e grande massa de ar frio de origem polar sobre a América do Sul, que vai trazer muito frio para o Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, uma parte do Peru e para muitas áreas do Brasil.