22.5 C
Araucária
quinta-feira, junho 20, 2024

Há 5 anos, Araucária passou a ser referência por garantir tarifa de transporte acessível à população

Data

Posts da semana

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf

O cantor Chrystian, que já formou dupla sertaneja com...

Incêndio destrói caminhão de transportar gás

Câmera de segurança registra o momento da explosão de...

Empresário reage a assalto e atira contra o criminoso

Um assaltante foi socorrido em estado grave após ser...

Em 1º de janeiro de 2018, a Prefeitura de Araucária passava a ganhar destaque nacional por garantir que aos usuários do sistema de transporte coletivo local (o TRIAR) a possibilidade de pagar uma tarifa acessível. Na ocasião, o município deixava de seguir a tarifa metropolitana (de R$ 4,25 na época – R$ 5,50 hoje) e passou a ter o preço reduzido de R$ 2,90 e mantendo a integração gratuita com as linhas metropolitanas (como as que vão para Curitiba). Era a primeira de um total de sete reduções consecutivas já realizadas na tarifa do TRIAR (hoje em apenas R$ 1,50). Desde então, Araucária tem estado no radar de diversos municípios e da imprensa nacional como um exemplo de sucesso na gestão de transporte coletivo pela tarifa reduzida, gratuidades e outros benefícios.

A série de reduções de tarifa e as melhorias no transporte público local mostram um compromisso real da Prefeitura em fazer do transporte coletivo um promotor de desenvolvimento social e econômico e também de acesso às diversas políticas públicas municipais. O histórico mostra como esse compromisso se deu prezando pela responsabilidade. A 1ª redução na tarifa foi de R$ 4,25 para R$ 2,90 (em janeiro de 2018). O ano de 2019 trouxe duas reduções: de R$ 2,90 para R$ 2,65 (em abril) e de R$ 2,65 para R$ 2,40 (em novembro). Já em 2021 foram três reduções: de R$ 2,40 para R$ 2,20 (janeiro), de R$ 2,20 para R$ 1,95 (setembro) e de R$ 1,95 para R$ 1,70 (dezembro). A última redução ocorreu em abril deste ano, de R$ 1,70 para R$ 1,50.

GRATUIDADES – Antes mesmo da 1ª redução de tarifa, no ano de 2017, a Prefeitura de Araucária já havia chamado a atenção dos moradores, por exemplo, com a implantação da gratuidade no TRIAR para todos os estudantes da educação infantil ao ensino médio (mediante uso cartão do Educard) e com a gratuidade para todos aos domingos (tarifa “Domingueira” – mediante uso do cartão TRIAR). A lista de gratuidades implantadas ao longo dos últimos anos inclui diversos públicos. Entre eles: isenção para pais/responsáveis que levam estudantes (até 12 anos) para a escola/CMEI, isenção para participantes de cursos profissionalizantes oferecidos pela Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego e isenção para pessoas em situação de vulnerabilidade social comprovada (mediante avaliação da Assistência Social). Cerca de 30% de todos os usuários do transporte coletivo local de Araucária contam com algum tipo de gratuidade.

MELHORIAS – Toda a frota do TRIAR conta com sinal de internet gratuito, iniciativa que começou em julho de 2018. A Prefeitura também investiu para melhorar a estrutura aos usuários por meio da implantação de centenas de abrigos de ponto de ônibus na cidade e área rural. Uma das novidades de 2019 foi o início da “integração ponto a ponto”, uma integração temporal e gratuita entre linhas do TRIAR fora dos terminais (mediante uso do cartão TRIAR).

Uma mudança histórica no sistema de transporte coletivo de Araucária ocorreu em 2021 quando três empresas passaram a ser responsáveis pelo atendimento das linhas de ônibus que atendem as áreas urbanas e rurais. Essa grande mudança na organização do transporte coletivo local veio seguida da chegada da frota de novos ônibus. Em 2022, a Prefeitura conseguiu viabilizar financeiramente o reforço “Angélica-Portão”, linha metropolitana que liga o Terminal Angélica (Araucária) ao Terminal Portão (Curitiba) sem paradas. Ação semelhante já ocorre desde abril de 2017, quando a Araucária passou a viabilizar financeiramente a linha direta “Angélica-Pinheirinho”.

- publicidade-

Economia