24.2 C
Araucária
quarta-feira, maio 22, 2024

Jogadores do Athletico reclamam de erros da arbitragem

Data

Posts da semana

Dois dos principais jogadores do Athletico usaram as redes sociais para reclamar da arbitragem do Brasileirão. O Furacão se sente prejudicado nas últimas três partidas, as derrotas para Palmeiras e Corinthians e o empate com o Fortaleza. Apesar de não ter havido reação maior deles e de seus companheiros durante os jogos, Vitor Bueno e Canobbio partiram para o ataque após o polêmico lance da partida da última quarta-feira (8).

A jogada em que Bruno Pacheco toca com a mão o cruzamento que se endereçava a Zapelli revoltou a torcida, mas no momento do lance teve pouca reclamação dos jogadores. Na pequena área, o lateral do Fortaleza corta a trajetória da bola, mas nem o árbitro Raphael Claus nem a árbitra de vídeo Daiane Caroline Muniz dos Santos viram irregularidade na jogada. De forma sutil mas direta, Vitor Bueno postou o lance em câmera lenta com a seguinte frase: “Terceira partida seguida e contando…”.

Os outros dois lances reclamados pelo Athletico também não tiveram nem a revisão do VAR. Diante do Corinthians, Matheus Bidu se enrolou todo dentro da área e errou a cabeçada e a bola explodiu em sua mão, mas Leandro Pedro Vuaden mandou seguir. E contra o Palmeiras, Endrick deixou o cotovelo em Esquivel, mas Wilton Pereira Sampaio não marcou nada. E para completar a irritação rubro-negra, Rafael Rodrigo Klein foi escalado para a partida deste domingo (12), às 18h30, contra o Bahia, na Fonte Nova – Klein apitou o jogo do Furacão com o São Paulo e foi muito criticado.

“Sempre contra o Athleco”
O outro jogador do Athletico a reclamar da arbitragem nas redes sociais foi Canobbio. O atacante uruguaio foi mais claro na crítica. “Estão brincando com nosso trabalho. Revisam algumas jogadas, e as que efetivamente podem mudar o destino da partida não revisam. Estamos cansados, com um plantel com lesões, suspensões (por amarelos que nem deveriam se dados) e em todas as partidas é a mesma coisa. Até quando…”.

Por Esporte Banda B em 10 de novembro, 2023

- publicidade-

Economia