23.4 C
Araucária
quinta-feira, junho 20, 2024

Mais um capítulo de descaso e abandono da saúde em Araucária.

Data

Posts da semana

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf

O cantor Chrystian, que já formou dupla sertaneja com...

Incêndio destrói caminhão de transportar gás

Câmera de segurança registra o momento da explosão de...

Empresário reage a assalto e atira contra o criminoso

Um assaltante foi socorrido em estado grave após ser...

Dona Jandira procurou a reportagem da Gralha azul FM para se queixar do mal atendimento prestado pelo hospital HMA. De acordo a reclamante, sua mãe, dona Olisses, uma idosa de 87 anos foi encaminha da UPA para o hospital por sentir muita dor no abdome.

No hospital, a paciente foi submetida a exames, uma tomografia e internamento. Após quatros dias sem se alimentar se preparando para cirurgia, enfermeiros relataram à Jandira, que a paciente estava com obstrução intestinal e precária passar por cirurgia de rico.

Jandira disse ainda que somente na data de hoje (27), conseguiu falar com o cirurgião que faria a cirurgia em sua mãe, porém o mesmo deu alta argumentado que não tinha porque dona Olisses está internada, disse também que o problema dela era só volume de gases por conta de fezes. Veja a Reportagem

Dona Jandira se queixa que a mãe está debilitada e franca, reclamando de muita dor, a família quer um retorno do hospital. Na entrevista Jandira disse “Os médicos no primeiro momento deram um diagnostico e hoje o cirurgião deu outro”.

A prefeitura investe cerca de cinco milhões (R$ 4.898.878,27) por mês no hospital HMA, porém o serviço prestado pela Santa Casa de Misericórdia de Chavantes, empresa que administra o hospital e que foi contratada pela administração do prefeito, Hissam Hussein Dehaini com o aval dos vereadores, realiza um péssimo atendimento, a ponto de vários óbitos ocorridos dentro da unidade.

Foram episódios envolvendo até bebês e que a prefeitura por mio de notas, apenas lamentou os casos, desejando condolência aos familiares. São vidas que se foram pra nunca mais voltar.

A reportagem procurou a direção do HMA para falar sobre o caso, mas não foi atendida.

Por Redação em 27 de outubro, 2023

 

- publicidade-

Economia