Fotos: Joe Victor
Tudo começou quando o agressor chegou em casa as 08:30 da noite deste sábado 23 de janeiro, muito alterado e passou a agredir sua esposa e a ameaçar com uma faca.
Ela fez contato com a Central da Guarda Municipal que enviou uma Equipe para fazer o atendimento.
Ao chegar na rua Aristóteles Busquete no bairro Campina da Barra, os GMs ouviram o relato da vítima que temia por sua vida, pois, seu marido que estava preso e foi solto esta semana, e era monitorado por tornozeleira eletrônica, disse que quando saísse da cadeira iria matá-la.
Como o homem já havia deixado o local quando a Guarnição chegou, outras viaturas de posse das características dele, realizaram buscas pelo bairro e lograram êxito em encontrá-lo.
A Equipe tentou a abordagem ao homem, que não obedeceu a ordem legal e teria investido contra um dos Guardas sendo afastado com força moderada, o que fez com que ele fugisse correndo pela rua Primavera, onde houve uma nova tentativa de abordagem porém sem sucesso. O homem continuou correndo e ao atravessar a rua Prímula, foi colhido por uma caminhonete VW Amarok.

Os GMs acionaram o SIATE para prestar atendimento ao indivíduo porém, quando os homens do Corpo de Bombeiros chegaram ao local constataram sua morte.
O corpo foi recolhido ao IML e a vítima foi levada a Delegacia para prestar depoimento.
O condutor da VW Amarok realizou teste etilométrico, que deu negativo para consumo de álcool. Texto: GM Matiak

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui