Comunicar erro

Um mulher vendeu os filhos gêmeos de apenas duas semanas de vida por 12.600 dólares, pouco mais de R$ 51 mil, para arcar com dívidas de cartão de crédito e comprar um novo celular. Os meninos foram entregues para outras famílias em setembro de 2018, mas o caso apenas foi revelado nesta semana pela polícia da província de Zhejiang, na China.
A mulher, identificada apenas como Ma, disse à polícia que vendeu os bebês após o pai das crianças, identificado como Wu, se recusar a ajudá-la na criação das crianças. Além disso, ela disse que seus pais também não aceitaram a gravidez, por ter acontecido antes do casamento.
A mãe das crianças contou ainda que o ex-companheiro a procurou apenas quando soube que os bebês foram vendidos e pediu inclusive parte do dinheiro para pagar dívidas dele.