25.9 C
Araucária
quarta-feira, maio 22, 2024

Obras da Ponte de Guaratuba devem começar ainda em 2023, diz secretário de Infraestrutura

Data

Posts da semana

O Secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, afirmou que as obras da Ponte de Guaratuba devem começar ainda em 2023. Ele se mostrou otimista com o projeto e falou sobre os possíveis prazos para a conclusão da ponte.

“Vamos agora ter a Licença de Instalação do canteiro de obras pra que possamos iniciar já a construção das peças. Esperamos ainda no ano de 2023 termos obras na Baía de Guaratuba para que no prazo de 24 meses possamos entregar ao estado do Paraná uma obra aguardada há praticamente 50 anos”, disse o secretário.

A implantação da nova Ponte de Guaratuba e seus acessos atualmente está na fase de projeto e licenciamento ambiental. Neste mês, o Estado obteve uma vitória no Supremo Tribunal Federal (STF) que garantiu a continuidade da obra.

Com os principais estudos e pesquisas de campo já realizados, que incluíram as sondagens subaquáticas na Baía de Guaratuba e sondagens de solo em ambas as margens, os engenheiros e técnicos agora trabalham na definição do plano funcional da obra, a partir do qual serão projetadas as melhores soluções para execução da ponte e suas vias de acesso.

Os trabalhos também incluem relatórios de engenharia do Projeto Básico e Projeto Executivo de Engenharia da ponte, estudos geotécnicos, estudos topográficos, caderno de projetos da obra de arte especial (OAE), cadernos de projetos da implantação dos canteiros, planos de rigging (uso de equipamentos, como guindastes e gruas) e levantamentos topográficos no local de implantação do canteiro e dos acessos à ponte.

Até o momento foram investidos R$ 5.339.053,96 nestas atividades, de um valor total de R$ 386.939.000,00. Esta obra é a primeira contratada pelo DER/PR por meio da Nova Lei de Licitações. O consórcio ganhador da licitação é responsável pelo projeto e pela obra.

Meio ambiente
Ao mesmo tempo uma equipe trabalha na elaboração de todos os programas ambientais da obra, atendendo as demandas do Instituto Água e Terra (IAT) para emissão da Licença de Instalação, que permitirá o início dos serviços na baía.

Dentro desta iniciativa, o DER/PR deu continuidade às conversas com as comunidades tradicionais, iniciadas já durante os estudos de impacto ambiental.

Obra
Após conclusão desta etapa de projeto, estão previstos 24 meses para os serviços da obra. Ao todo, entre ponte e vias de acesso, a extensão do projeto passa dos três quilômetros de extensão, sendo cerca de 1,2 km somente de ponte, que terá quatro faixas para tráfego de veículos, calçadas e ciclovia.

Por AEN em 28 de setembro, 2023

 

 

- publicidade-

Economia