22.5 C
Araucária
quinta-feira, junho 20, 2024

Presidente do PL diz que Bolsonaro e Michelle farão caravanas pelo Brasil no primeiro semestre

Data

Posts da semana

Morre Chrystian, cantor que fez dupla com Ralf

O cantor Chrystian, que já formou dupla sertaneja com...

Incêndio destrói caminhão de transportar gás

Câmera de segurança registra o momento da explosão de...

Empresário reage a assalto e atira contra o criminoso

Um assaltante foi socorrido em estado grave após ser...

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, afirmou nesta quarta-feira (1º) que o ex-presidente Jair Bolsonaro e a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro deverão participar de caravanas pelo Brasil ainda neste semestre.

A ideia, segundo Valdemar, é que eles façam viagens separadamente pelo país, com Michelle focando a participação de mulheres na política e Bolsonaro o diálogo com prefeitos e lideranças regionais. Ele prevê que essas caravanas possam começar entre maio e junho deste ano.

Valdemar afirmou ainda que isso deve ocorrer já de olho nas eleições municipais de 2024 –o partido tem a pretensão de eleger mil prefeitos.

“Queremos que o Bolsonaro visite as nossas cidades. Nós temos observado isso aí que ele não perdeu prestígio e ele vai ser uma pessoa muito importante nas eleições municipais no ano que vem. Vocês podem ter certeza que vamos ter um crescimento de prefeitos e vereadores brutal”, afirmou Valdemar ao sair de reunião com a bancada do partido da Câmara nesta quarta.

Ele disse ainda que o partido já tem uma pesquisa em andamento para medir a popularidade do ex-chefe do Executivo.

O presidente do PL não confirmou uma data exata para o retorno de Bolsonaro ao Brasil, mas afirmou que há uma expectativa para que isso ocorra até abril.

“Com calma, recebendo o pessoal aqui, fazendo reunião com o pessoal, prestigiando a gente. Se ele vem numa reunião dessas e a gente deixa ele falar por último não saía nenhum deputado daqui. Ele tem prestígio”, continuou.

Já Michelle, presidente nacional do PL Mulher, fará caravanas com o intuito de aumentar a participação de mulheres na política, segundo o dirigente partidário. “Para trazer a mulherada. Você vê que o PT trabalha bem isso, eles fizeram mais mulheres do que a gente. Nós fizemos muito mais deputados e eles fizeram bem mais mulheres do que a gente.”

Valdemar afirmou que Michelle irá se reunir com as presidentes estaduais do PL para tratar das atividades e que a ex-primeira-dama tem potencial de reunir multidões. “Ela tem levado muita gente para os lugares onde foi. Pena que ela entrou tarde na campanha e não deu para ajudar, isso não surtiu tanto efeito porque ela entrou muito tarde. Mas ela vai se organizar com as presidentes estaduais e vamos trabalhar nisso.”

- publicidade-

Economia