24.2 C
Araucária
quarta-feira, maio 22, 2024

Programa Residência Cidadã entrega mais 14 casas, desta vez no Jardim Plínio

Data

Posts da semana

Mais 14 casas foram entregues na ultima quarta-feira (08) às famílias contempladas pelo Programa Residência Cidadã em uma cerimônia realizada com os beneficiários e autoridades locais. Cada imóvel possui cerca de 42m² e pode comportar famílias com até 6 pessoas, tendo 2 quartos, sala, cozinha, banheiro e uma pequena área externa. As fachadas ficaram coloridas e tudo foi feito com muito capricho e zelo. Na área comum ainda foi instalado um playground infantil.
Prefeitura de Araucária inaugura mais um CMEI de porte grande, totalizando 16 unidades

Os novos moradores do Jardim Plínio, no Capela Velha, já podem realizar a mudança assim que possível. Dona Ângela Maria de Oliveira Barreto, de 59 anos, está ansiosa para residir em seu novo lar com as 5 filhas. Emocionada, dona Ângela relatou ao receber a chave de sua casa “Morávamos em uma área de alagamento, era difícil. Já a casa nova ficou maravilhosa, é o sonho de qualquer um. Vou poder deixar um patrimônio para as meninas cuidarem. Aqui até o ponto de ônibus é perto. Minha felicidade é ver as meninas felizes.

Este foi o segundo lote de casas entregue pelo programa em Araucária. A primeira entrega do programa ocorreu no bairro Campina da Barra. Além deste espaço, outros estão em construção na cidade, sendo um no bairro Costeira (a ser entregue em breve) e dois no Fazenda Velha. Ao todo, serão mais de 120 casas abrangidas pela iniciativa.

O Residência Cidadã possui um público e recursos bastante específicos. Sendo assim, o programa não tem relação com a lista de famílias cadastradas para programas habitacionais da Cohab Araucária.

Sobre o programa
O programa foi instituído por Lei e fornece casas populares, com boa estrutura, para famílias com crianças em situação de risco e vulnerabilidade social. As famílias beneficiadas passam por uma avaliação criteriosa dos CRAS e então inicia-se um trabalho técnico social por parte da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), o qual se estenderá por 18 meses após a mudança para as novas residências.

A Prefeitura faz um termo de cessão de uso dessas casas por 30 anos. Durante o período, uma Comissão de Fiscalização fará averiguações junto às famílias nos imóveis. Decorrido este prazo, e se tudo correr dentro do esperado neste período, a cessão de uso é convertida em doação.

- publicidade-

Economia