Cerca de duzentas mil pessoas participaram da manifestação que pediu o impeachment da presidente Dilma Rousseff em Curitiba. Essa informação é da Polícia Militar do Paraná. Os organizadores do protesto afirmam que o movimento reuniu 300 mil manifestantes. O ato começou as duas da tarde na Praça Santos Andrade, de onde os manifestantes caminharam até a Boca Maldita. O planejamento era fazer o trajeto pela rua Marechal Deodoro, entretanto a grande quantidade de pessoas fez com que a passeata ocupasse também a Rua XV de novembro e diversas vias transversais. Por volta das 17h30 os manifestantes começaram a se dissipar.

Apesar da grande concentração de pessoas, a Polícia Militar registrou apenas uma ocorrência. Um homem de 27 anos foi detido com fogos de artifício, que segundo a PM estavam sendo mirados para os manifestantes. As principais palavras de ordem durante o ato foram o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, a prisão do ex-presidente Lula e também havia pequenos grupos pedidos de intervenção militar e de separação do Sul do Brasil do restante do país. Durante todo o ato os manifestantes fizeram a defesa da operação lava-jato e gritaram palavras de apoio ao Juiz Federal Sergio Moro. Muitas pessoas, inclusive, protestaram usando uma máscara com o rosto do magistrado.