13.4 C
Araucária
domingo, junho 16, 2024

Startup imprime tecido humano em 3D

Data

Posts da semana

Empresário reage a assalto e atira contra o criminoso

Um assaltante foi socorrido em estado grave após ser...

Cantor Nahim é encontrado morto em sua casa

O cantor Nahim, foi encontrado morto em sua casa,...

Secretário de Segurança de Araucária é preso pelo Gaeco

O secretário de Segurança Pública de Araucária, Lincoln Roberto Stygar,...
Quantis, deep tech de São Paulo apoiada pelo Catalisa ICT do Sebrae, apresentará a solução para indústrias do país e do exterior no maior evento de ecoinovação da América Latina

Em busca de investidores e novos mercados, a startup Quantis, especializada em soluções biológicas regenerativas, será uma das atrações do stand do Sebrae no Congresso Internacional de Inovação da Indústria, que será realizado nos dias 27 e 28 de setembro, em São Paulo. A empresa fundada em 2019 realiza um bioprocesso inovador para fabricação de colágeno humano, utilizando bioimpressão e engenharia genética. Os tecidos bioimpressos podem ser utilizados em cirurgias, no ramo farmacológico e até em pesquisas contra o câncer.

Para demonstrar o modelo de negócio, os sócios levarão ao evento, cujo tema este ano é a ecoinovação, uma bioimpressora de tecido 3D. “Buscamos investimentos e parcerias para montar nossa primeira estrutura laboratorial e com isso acelerar vendas e desenvolvimentos”, conta Janaína Dernowsek, mestre e PhD em genética e uma das fundadoras da startup. O valor estimado da estrutura é de R$ 1,5 milhão.

Janaína explica que os tecidos bioimpressos já têm um mercado, mas que deseja avançar mais. “Nosso produto é vendido para universidades, hospitais e indústrias de cosméticos para projetos de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento). Estamos desenvolvendo também, junto com a indústria, produtos com maior valor agregado, mas que precisam de uma jornada mais longa para registro, como para o setor de oftalmologia”, relata a empresária.

A ecoinovação da empresa está diretamente ligada ao processo de produção, que é livre de animais e totalmente sustentável. “Desenvolvemos insumos para preenchedores regenerativos mais estáveis e duradouros. Nascer com uma visão sustentável é o que todas as empresas deveriam fazer, pois novos tempos chegaram e a necessidade por processos e produtos mais sustentáveis são cruciais para a vida e o meu ambiente”, argumenta.

O próximo passo para a empresa é desenvolver novos dispositivos médicos que possam ser utilizados em preenchimentos dérmicos, injeções articulares, cicatrizações de feridas e hormônios humanos.

“A ecoinovação garante a sobrevivência da empresa no mercado altamente competitivo, melhora seu desempenho ambiental e amplia os lucros. O resultado é uma empresa que cresce, responde às mudanças do mercado, se adianta às tendências e se destaca dos concorrentes por ter soluções inovadoras.

A Quantis passou pela jornada Catalisa ICT, do Sebrae – iniciativa que promove a aproximação entre a academia e o mercado por meio de capacitação em gestão, mentorias, fomento a projetos e acesso ao universo empresarial para os pesquisadores. Desde 2021, o Sebrae já investiu R$ 35 milhões em bolsas, auxílios, eventos, P&DI na Embrapii e internacionalização. Com isso, já apoiou três mil pesquisadores brasileiros e trouxe para o mercado 170 empresas de alta tecnologia.

“O Catalisa ICT foi excelente para nós, porque desenvolvemos reflexões sobre licenciamento de tecnologias e parcerias. Por exemplo, estamos ao lado de uma indústria de oftalmologia para conversar sobre um planejamento de negócios. Estamos utilizando isso praticamente todos os dias.

Congresso de Inovação
O Congresso Internacional de Inovação da Indústria é o mais importante evento do setor na América Latina. O encontro será realizado nos dias 27 e 28 de setembro, no São Paulo Expo, em São Paulo. O evento é promovido pelo Sebrae e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e é idealizado pela Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI).

Saiba mais aqui.

- publicidade-

Economia