Foto: Carlos Poly

O fato de oferecer mais e com custo menor (na contramão de outros municípios) tem despertado o interesse de outros municípios para entender como é possível implantar essas melhorias; na mídia, os avanços no transporte coletivo de Araucária têm sido citados com frequência

Nos últimos três anos, o município de Araucária conseguiu reduzir a tarifa de transporte coletivo local (TRIAR) por quatro vezes seguidas e ainda implantou benefícios e gratuidades para diversos públicos. As ações da Prefeitura mostram um compromisso real do município em tratar o transporte coletivo como serviço essencial. O fato de oferecer mais e com custo menor (na contramão de outros municípios) tem despertado o interesse de outros municípios para entender como é possível implantar essas melhorias. Na mídia, os avanços no transporte coletivo de Araucária têm sido citados com frequência. Em breve, o modelo de transporte do município será citado em uma série de reportagens em rede nacional que abordará o transporte coletivo em diversas cidades do país.

De acordo com a Superintendência de Transporte Coletivo de Araucária, recentemente, houve visitas, por exemplo, de representantes do poder executivo de Ponta Grossa e de São José dos Pinhais. Já na última semana, a equipe local recebeu a visita de um representante do legislativo de Foz do Iguaçu. Além disso, contatos via telefone também são frequentes. Além de municípios do Paraná, também já houve contato telefônico de municípios de Minas Gerais e de Mato Grosso para saber mais sobre a experiência local de Araucária.

HISTÓRICO DE REDUÇÕES DA TARIFA

Em janeiro de 2018, a tarifa do TRIAR foi reduzida pela Prefeitura de R$ 4,25 para R$ 2,90. A redução expressiva na tarifa, contrariando a prática de aumento em muitos municípios, teve, na ocasião, destaque nacional na imprensa. Em abril de 2019, houve nova redução: de R$ 2,90 para R$ 2,65. No mesmo ano, em novembro, a tarifa foi reduzida mais uma vez: de R$ 2,65 para R$ 2,40. Em janeiro de 2021 ocorreu a quarta redução seguida, quando o valor chegou a R$ 2,20. Como referência, vale ressaltar que, até a 1ª redução em 2018, a tarifa do TRIAR acompanhava a tarifa metropolitana; na época R$ 4,25 e hoje R$ 4,50.

A sequência de reduções na tarifa do TRIAR, bem como a implantação de benefícios e gratuidades, é fruto de algumas etapas de muito trabalho. Em 2017, o município fez revisão de contratos relacionados ao transporte coletivo e viu que era possível economizar custos. Outro ponto importante é que a Prefeitura passou a ter maior controle sobre a planilha de custos do sistema, o que permitiu saber com mais precisão como é possível oferecer benefícios e gratuidades.

ESSENCIAL- Há que se fazer um destaque importante: na percepção da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento (SMPL), o transporte coletivo é “uma conta que nunca fecha” (argumento muito comum), mas, como serviço essencial, é preciso encontrar meios para viabilizá-lo e que ele funcione da melhor maneira possível para os usuários. Mesmo com o forte impacto econômico gerado pela pandemia nos municípios, a Prefeitura de Araucária conseguiu manter o pleno funcionamento do sistema de transporte coletivo local, com toda a frota na rua. Mais que isso: as melhorias no transporte público resultam em impacto positivo direto na qualidade de vida dos moradores e no desenvolvimento econômico e social. A redução da tarifa é vista pela Prefeitura como um estímulo à utilização do transporte coletivo local, o que pode favorecer o comércio do município, por exemplo.

VANTAGENS – Todos os ônibus das linhas do TRIAR contam com sinal de internet. Enquanto o usuário se desloca pela cidade, ele pode aproveitar o sinal de wi-fi gratuito para ler notícias, acessar e-mails, conversar via mensagens instantâneas, entre outros benefícios que a internet oferece. Hoje, em Araucária, pagando R$ 2,20 com o cartão TRIAR, o morador pega o ônibus em seu bairro e, em qualquer um dos dois terminais da cidade, pode ter acesso gratuito a ônibus da linha metropolitana, que podem levá-lo a Curitiba, por exemplo. Aos domingos (com uso do cartão TRIAR), a tarifa é gratuita em qualquer ônibus do sistema local.

Há dois anos, o usuário pagante pode, mediante uso do cartão TRIAR, desembarcar e embarcar em uma outra de linha de ônibus do sistema sem precisar pagar nova tarifa e sem ir a um dos terminais da cidade. A integração ponto a ponto permite a gratuidade em mais 2 ônibus (de linhas diferentes) durante o período de até 1 hora após a utilização do cartão TRIAR no 1º veículo. Esse recurso pode reduzir bastante o tempo de deslocamento até o destino. Os investimentos da Prefeitura também ocorreram para melhorar o conforto de quem aguarda o ônibus. Foram adquiridos e implantados 900 novos abrigos de pontos de ônibus; em áreas urbanas e rurais.

A lista de gratuidades no sistema do TRIAR é longa e cada uma delas está prevista em lei específica. Entre elas estão: a gratuidade para todos os estudantes de escolas públicas do município (da educação infantil ao ensino médio), gratuidade para pais/responsáveis (de estudantes de até 12 anos) que levam as crianças para a aula, isenção para crianças e adolescentes que participam de programas da Secretaria Municipal de Assistência Social, isenção para participantes de cursos profissionalizantes oferecidos pela Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego e para acompanhante de pessoa com deficiência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui