Foto: Divulgação

O boletim divulgado nesta quinta-feira (04) pela Secretaria Municipal de Saúde de Araucária (SMSA) mostra que o município atingiu 109 casos positivos de Covid-19. O boletim de ontem (03) apontava 77 positivos. O salto é atribuído a 29 testes positivos de moradores de Araucária que trabalham na Repar. Mas é importante lembrar que todos não apresentavam sintomas quando foram testados e, conforme o tipo do teste realizado, podem ter tido contato com o vírus há muito tempo. Por precaução da empresa, todos esses trabalhadores foram afastados por alguns dias. Outros 03 casos confirmados são de moradores sem relação com essa testagem da Repar.

De acordo com a SMSA, a Repar tem realizado semanalmente (e por conta) a testagem em seus trabalhadores para verificar se eles, em algum momento, já foram expostos ao Covid-19. Esse teste sorológico detecta um ‘histórico’ (anticorpos) no organismo que pode indicar essa exposição. Quem teve esse contato, em algum momento, é atestado como ‘positivo’. Embora entre na mesma conta, esse ‘positivo’ por teste sorológico é diferente do ‘positivo’ de pessoas testadas que apresentam sintomas no momento (por teste PCR), já que estas são as que apresentam alta possibilidade de transmissão do vírus. Em outras palavras, todos podem ser considerados ‘positivos’ no teste, mas há muita diferença entre ‘alguém que teve contato com o vírus’ e ‘alguém que está com o vírus ativo’.

Na manhã desta quinta-feira (04), a Prefeitura divulgou uma nota em que esclarecia que 23 casos positivos de assintomáticos vinculados à Repar foram registrados pela empresa no sistema do Estado sem informação de município onde os trabalhadores residem. Ao verificar caso a caso, constatou-se que todos são moradores de Araucária e, por isso, entraram no boletim de hoje (04). Se houver outros casos positivos de trabalhadores da Repar residentes em Araucária entrará nos próximos boletins, como tem ocorrido com todos os casos.

A SMSA esclarece que pode haver divergência nos números divulgados pelo município e pelo Estado no mesmo dia por diferença de horário de fechamento dos dados para cada boletim.

ACOMPANHAMENTO – A SMSA tem solicitado informações à Repar e acompanhado sobre como estão ocorrendo essas testagens em trabalhadores assintomáticos. A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (SESA-PR) também está acompanhando esta situação. Desde 14/05 até o momento, a Repar reportou que foram realizados 1.666 testes, tendo sido identificadas 92 pessoas com exame positivo e dessas 48 são moradoras de Araucária. Até hoje (04), 34 casos positivos (dos 48) entraram na divulgação do boletim municipal. Os outros serão divulgados na sequência. É importante destacar que a Repar possui um plano de contingência e que se algum trabalhador apresentar sintomas que remetam à Covid-19 ele não vai trabalhar.

ATUALIZADO – Dos 109 casos positivos de moradores de Araucária, 68 são homens e 41 mulheres. Conforme o boletim da SMSA de hoje (04), há 54 pessoas em tratamento no momento (47 em casa e 07 internados). Um total de 55 pessoas já são consideradas recuperadas/curadas do Covid-19 no município e não há nenhum óbito.

DISK CORONA – Araucária possui o Disk Corona, um atendimento telefônico com profissionais da saúde para esclarecer e orientar sobre assuntos relacionados ao novo Coronavírus. O serviço funciona pelo número 0800-6425250 (ligação gratuita), das 7h às 19 horas, todos os dias. Com a chegada dos dias mais frios, é comum o aumento dos casos de síndromes respiratórias e, com isso, mais complicações, internações e até mortes. O Covid-19 faz parte desse grupo de síndromes respiratórias. Por isso é importante ter orientações de profissionais para reforçar a prevenção e também para saber o que fazer caso apareçam sintomas. O morador deve buscar orientação, principalmente, quando há a associação entre febre e tosse ou entre febre e dor na garganta. Dificuldade para respirar é outro sinal de alerta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui